top of page

Henry Yu: o instante em que tudo mudou

Atualizado: 1 de mai.

De médico intensivista a fotógrafo reconhecido mundialmente -

 
Onça pintada - Foto: Henry Yu

De quantas maneiras seria possível contar a história de um fotógrafo brilhante, que venceu concursos mundo afora, coleciona prêmios nacionais e internacionais e tem as fotos estampadas em dezenas de livros?


Toronto, Canadá - Foto: Henry Yu

Escolho contar a partir de um instante específico: o momento em que a captura de uma imagem mudou o curso da vida de Henry Yu. O mais velho dos três filhos de um casal de chineses que veio para o Brasil nos anos 1960, nasceu em Minas Gerais e, como ele diz, “falo uai e trem”. Sorte nossa. Henry estudou medicina e, mais que isso, foi médico de CTI. A primeira vez que pegou numa câmera de fotografia, analógica e cheia de regulagens para as lentes, foi numa festa com os colegas da faculdade.


O fotógrafo Henry Yu
“Foi uma situação embaraçosa porque meus amigos pediram pra fazer uma foto com a câmera de um deles e eu não sabia mexer naquilo. Eles se reuniram para a pose enquanto um dos amigos me mostrou como fazer o foco. Quando vi a imagem se formando na lente, foi incrível.”

Mas esse ainda não é o instante em que tudo se revelou para Henry Yu. Já formado em medicina, ele começou a investir na fotografia nos fins de semana de folga. Viajava com os amigos para fotografar e reunia todos para sessões de projeção das fotos. Foram encontros caseiros de um grupo privilegiado que testemunhou a fotografia entrar na vida de Henry Yu.


Lapinha, na Serra do Cipó (MG) - Foto: Henry Yu

Por incentivo desse grupo, ele se inscrevia em concursos locais de fotografia e ganhava todos. Mesmo assim, tudo ainda era passatempo nos momentos de folga do médico. Até que Henry Yu foi trabalhar num hospital no interior do Minas. A cidade? São Domingos do Prata, na região Central do estado. No fim de semana, como de costume, saiu com um amigo para caminhar pela região e fotografar.


“Chegamos a uma cachoeira. Meu amigo se sentou embaixo da queda d’água e, ao sentir o jato nas costas, soltou aquela expressão de alívio. Nesse exato momento, uma luz atravessou a cachoeira e eu fotografei esse instante”, conta Henry Yu.

Cachoeira em São Domingos do Prata (MG) - Foto: Henry Yu

No primeiro concurso internacional de que decidiu participar, o tema escolhido era “O que é uma vida boa?”. Henry Yu não teve dúvida, usou a foto. A premiação no concurso deu visibilidade ao trabalho:


“No evento de premiação, no Rio de Janeiro, fui convidado pelo editor nacional da revista Manchete para meu primeiro trabalho como fotógrafo: registrar o Parque Nacional Grande Sertão Veredas, que acabava de ser inaugurado no Norte de Minas Gerais. Fiquei vários dias registrando bichos e paisagens, foi uma imersão.”

Paisagem na Serra da Canastra (MG) - Foto: Henry Yu

Quando chegou da viagem, a revista deu oito páginas para a publicação. Logo depois, mais um convite, desta vez no Parque Nacional do Caparaó, divisa de Minas com o Espírito Santo. Henry entregou todos os plantões como médico para os colegas, para nunca mais voltar à profissão.


“Eu atendi ao desejo da minha alma. Ficar dias nesses lugares fotografando as paisagens, os bichos... Eu encontrei a melhor profissão do mundo. Não foi sofrido largar a medicina.”

Hoje, quando ensina fotografia para iniciantes, faz questão de lembrar que a qualidade da foto não depende do equipamento, mas do olhar e do tempo investido naquele registro. Ele diz que a diferença entre o amador e o profissional não é tão grande, mas é decisiva: “o profissional fica mais tempo esperando a luz certa, o instante em que a foto acontece.”


Depois de dar a volta ao mundo duas vezes fotografando e conhecer lugares que nunca imaginou por causa da fotografia profissional, Henry diz que essa profissão deu a ele muito mais do que poderia sonhar.


“Eu venho de uma família pobre e aprendi a fazer muito com pouco. Isso aguçou minha criatividade. Eu aprendi a colocar o meu coração nas fotos.”

Igreja de São Francisco de Assis, a "Igrejinha da Pampulha", em Belo Horizonte (MG) - Foto: Henry Yu

Veja outras fotos de Henry Yu



Comments


Commenting has been turned off.
Post: Blog2_Post
Veja também:
bottom of page